top of page

Alckmin diz que compras internacionais de até 50 dólares voltarão a ser taxadas

A polêmica da taxação de compras internacionais entra em foco novamente, isso porque o vice-presidente e ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC), Geraldo Alckmin disse que as compras de até US$ 50, atualmente isentas, voltarão a ser taxadas.


A afirmação foi feita por Alckmin nesta terça-feira (28), durante o evento de instalação do Fórum MDIC de Comércio e Serviço (FMCS). Participaram do encontro empresários, que foram tratar pautas como a política que zerou o Imposto de Importação para compras internacionais e a desoneração da folha de pagamentos.


O ministro destacou que a cobrança do ICMS nas remessas já está implementada e que o "próximo passo" será o Imposto de Importação, mesmo para importados que custam menos de US$ 50. Ele não afirmou quando a cobrança voltaria.


"Pretendemos, periodicamente, ouvir o setor de comércios e serviços, comércio eletrônico. Foi feito o trabalho nas plataformas digitais para formalização dos importados. Já começou a tributação de ICMS, e o próximo passo é o Imposto de Importação", diz Alckmin.


Fonte: Jornal NH


Comments


bottom of page