top of page

BC revisa PIB de 2022 de 2,7% para 2,9% e mantém 2023 em 1,0%

O Banco Central elevou sua estimativa para o crescimento do PIB de 2022, de 2,7% para 2,9%, conforme o Relatório Trimestral de Inflação (RTI) divulgado nesta quinta-feira, 15. Pelo lado da oferta, a melhora foi puxada pelo setor de serviços cuja previsão de crescimento saltou de 3,4% para 4,1%. Esse desempenho mais que compensou a mudança para a agropecuária de zero para queda 2,0%, e a revisão para a indústria de alta de 2,4% para 1,9%. Em relação aos componentes da demanda, o RTI informou alteração de 3,9% para 4,2% na expectativa de crescimento do consumo das famílias e de 0,7% para 1,6% na previsão de alta do consumo do governo.

O documento indica ainda que a projeção para 2022 da Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF) - indicador que mede o volume de investimento produtivo na economia - passou de queda de 0,4% para alta de 0,7%.

Para 2023, o BC manteve a expectativa de crescimento do PIB em 1,0%. Pelo lado da oferta, o BC atualizou a estimativa de expansão da agropecuária de 7,5% para 7,0%, enquanto, para a indústria, a projeção variou de avanço de 0,4% para zero.


Agência Estado




Comments


bottom of page