BC: saldo de crédito chega a R$ 4,7 trilhões, em fevereiro

O estoque de todos os empréstimos feitos por instituições financeiras, no Brasil, chegou a R$ 4,711 trilhões, em fevereiro, com alta de 0,8% em relação a janeiro e de 16,6% em 12 meses. Os dados foram divulgados ontem (28), em Brasília, pelo Banco Central.

Esse saldo do crédito correspondeu a 53,3% do PIB – resultado estável em relação a janeiro deste ano e a fevereiro de 2021.

O saldo de crédito às empresas aumentou 1% em relação a janeiro e 10,3% em relação ao mesmo período do ano anterior, ao totalizar R$ 1,952 trilhão. No caso das famílias, o estoque de crédito somou R$ 2,759 trilhões, com incrementos de 0,7% e de 21,4% nas mesmas bases de comparação.

A taxa média de juros para pessoas físicas ficou em 48,1% ao ano, no mês, com aumento de 1,8 ponto percentual em relação a janeiro. No ano, o a


Agência Brasil