top of page

Beira Rio reinaugura fábrica destruída pela enchente no Vale do Taquari

Já está funcionando praticamente em ritmo normal a fábrica da Calçados Beira Rio que foi destruída pela enchente histórica do Rio Taquari no início de setembro. Localizada na entrada de Roca Sales, a unidade foi invadida pela água, que chegou a dois metros e meio de altura. Uma solenidade na manhã desta sexta-feira (13) marcou a reinauguração.


O clima era de emoção entre os quase 800 empregados da fábrica. Muitos deles também tiveram prejuízos com a enchente.


O diretor industrial da Calçados Beira Rio, João Henrich, lembrou que todas as 685 máquinas da unidade foram alcançadas pela água, umas mais, outras menos."Cerca de 550 já estão arrumadas", comemorou, para aplauso dos funcionários. Henrich disse que 21 dias depois da enchente uma parte da fábrica já estava operando."Essas pessoas precisam de seus empregos para tocarem a vida", disse.


Segundo Henrich, dentro de 15 dias a entrega de calçados produzidos na unidade de Roca Sales já estará normalizada. A fábrica é focada na linha Vizano, com capacidade para cerca de 41 mil pares por dia."Algumas máquinas ainda estão passando por reparos, mas estamos com 90% da nossa força de produção funcionando. Temos muito o que agradecer aos

funcionários e aos fornecedores, que se empenharam para esta rápida retomada."


O diretor-presidente da Calçados Beira Rio, Roberto Argenta, foi aplaudido pelos trabalhadores e funcionários.


Empregado da unidade desde a inauguração, há 26 anos, Mauro Antônio da Rosa agradeceu a decisão da empresa de acelerar ao máximo a reabertura."O trabalho é fundamental para cada um de nós."


Argenta se emocionou ao prestar homenagem às famílias que perderam seus bens e parentes na enchente histórica de setembro. "Agradecemos a todos que, desde o primeiro dia, estavam aqui no meio da lama para ajudar a reconstruir esta fábrica", destacou. O prefeito de Roca Sales, Amilton Fontana, disse que a reinauguração da Calçados Beira Rio simboliza a

força que o Vale do Taquari tem para se reerguer."Dentro de um ano vamos dizer, com orgulho, que a nossa cidade está mais bonita e forte do que era", resumiu.


O secretário de comunicação institucional da Presidência da República e ex-prefeito de Taquari, Maneco Hassen, destacou que está trabalhando no escritório de emergência montado pelo governo federal em Lajeado e que ficará na região até quando for necessário."Esta região sabe que pode contar conosco", salientou.


Lideranças empresariais do setor de máquinas estiveram presentes no evento de inauguração. E nós da Abrameq e SinmaqSinos parabenizamos a todos, em especial as indústrias de máquinas, que não mediram esforços no atendimento à assistência técnica das máquinas prejudicadas, contribuindo nesta emocionante retomada das atividades da Beira Rio em Roca Salles.


Jornal NH/Comunicação Abrameq


Commentaires


bottom of page