top of page

Brasil continua com 2º maior juro real do mundo

Apesar do novo corte da taxa básica de juros pelo Copom, o Brasil ainda mantém a segunda maior taxa real de juros do mundo. Essa taxa é calculada subtraindo a inflação prevista para os próximos 12 meses da taxa de juros nominal do país.


Na semana passada, o BC optou por reduzir a Selic em 0,50 ponto percentual, deixando-a em 11,25% ao ano. Com isso, a taxa real de juros no país ficou em 5,95%. O México lidera com uma taxa real de 6,49%.


Na última divulgação, em 13 de dezembro, o Brasil já havia perdido a posição de liderança. A combinação de inflação mais baixa e um cenário externo favorável contribuiu para a redução da taxa real de juros.


Portal Contábeis




Comments


bottom of page