top of page

BRDE tem aval da União para captar R$ 2 bilhões em bancos internacionais

A estratégia de diversificação de fontes do BRDE ganhou aval da Secretaria do Tesouro Nacional (STN), que acaba de aprovar operações com organismos internacionais equivalentes a R$ 2 bilhões pela cotação atual das moedas estrangeiras.

O órgão vinculado ao Ministério da Economia autorizou captações de US$ 150 milhões no Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), de 134,6 milhões de euros no Banco Mundial e 89,6 milhões de euros do Novo Banco de Desenvolvimento (NDB), conhecido também como "banco dos Brics", formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.

Com a alta do juro no Brasil, essas linhas de crédito contratadas em moeda estrangeira têm custo mais baixo para a instituição, que assim consegue oferecer condições mais favoráveis também a seus clientes. Para lembrar, enquanto a Selic aqui está em 13,75% ao ano, nos Estados Unidos discute-se a possibilidade de chegar a 4,5% até o final do ano em um dos ciclos de alta mais intensos da história.


Zero Hora




Comments


bottom of page