top of page

Caem faturamento e horas trabalhadas na indústria de transformação em setembro

Os Indicadores Industriais da CNI mostram perda de dinamismo da atividade da indústria de transformação na passagem de agosto para setembro. O faturamento real da indústria de transformação caiu 0,5% no período, as horas trabalhadas recuaram 1% e a utilização da capacidade instalada manteve tendência de queda, com redução de 0,3 ponto percentual entre um mês e outro.


De acordo com a economista da CNI Larissa Nocko, os juros altos seguem como um importante fator de desaceleração da indústria. "Apesar do início dos cortes da taxa básica de juros, ela permanece exercendo um papel restritivo sobre a economia, contribuindo para um ambiente de crédito bastante desfavorável", explica. Larissa lembra que o nível de endividamento e de inadimplência das famílias e a taxa média de juros das operações de crédito se encontram bastante elevados.


Portal da Indústria


Comments


bottom of page