CNI lança Observatório Nacional da Indústria

Analisar dados e construir cenários para subsidiar decisões estratégicas é cada vez mais importante para manter a competitividade da indústria. Para ajudar os industriais brasileiros nessa área, a CNI lançou, em maio, o Observatório Nacional da Indústria.

“Ele surge com o papel não apenas de realizar estudos sobre o futuro da indústria, mas de também ser um hub de conexão com observatórios que estão nas federações”, explica Márcio Guerra Amorim, gerente-executivo do Observatório Nacional da Indústria.

Amorim diz que a ideia de ter um observatório com um olhar para o futuro surgiu em 2003, quando o Senai criou a unidade de tendências e prospecção. Naquele momento, o grande desafio era trazer o aprendizado para os produtos e negócios da entidade, sobretudo no campo da educação profissional.

Desde então, foram desenvolvidas metodologias que se tornaram referências reconhecidas internacionalmente no campo de antecipação de mudança na educação profissional. Essas inovações, que já foram transferidas para mais de 20 países, têm como referência os conceitos de tecnologia emergente e mudanças organizacionais.


Portal da Indústria