top of page

Com reforma administrativa e privatizações, governo faria ajuste fiscal

Especialistas consultados pela CNN afirmam que medidas como privatizações e a reforma administrativa permitiriam ao governo cumprir as metas de primário do marco fiscal sem ter de elevar a arrecadação.


“É absolutamente possível compor o plano macrofiscal com medidas pelo lado do gasto. Reforma administrativa, fusão de política sociais e redesenho do abono salarial são as medidas mais óbvias, que trariam ganho fiscal e maior eficiência ao gasto público”, diz Gabriel Barros, economista-chefe da Ryo Asset.


Professor de finanças aplicada ao Mercado da Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM), Alexandre Ripamonti indica que a atual gestão do Executivo não priorizou a ótica do corte de despesas para perseguir tais metas — este, na sua visão, seria o caminho ideal para o ajuste.


‘De fato a melhor solução técnica seria abrir mão do que não é função do Estado, privatizar as estatais e tentar fazer o serviço de casa, para gastar menos em administrar toda a estrutura”, indica Ripamonti.


CNN



Commentaires


bottom of page