Conheça as propostas da indústria para economia, tributação e comércio exterior

O Brasil precisa de um ambiente de estabilidade macroeconômica para que consiga crescer sem soluços e de forma sustentada. Para que isso ocorra, é preciso que o próximo governo siga na direção de combater a inflação, manter o regime de câmbio flutuante e preservar o equilíbrio fiscal. Paralelamente, é preciso que se aprove uma ampla reforma de seu sistema tributário, sem a qual o Brasil não conseguirá eliminar o principal componente do chamado Custo Brasil, que coloca as empresas brasileiras em forte desvantagem competitiva em relação a outros países.

O Brasil também precisa avançar na sua agenda de integração à economia mundial, com maior participação nas cadeias globais de valor. Esse caminho, passa, preferencialmente, por uma abertura de sua economia realizada por meio de acordos comerciais e de investimentos, o uso de instrumentos de defesa comercial e combate ao comércio ilegal e o enfrentamento de barreiras às exportações. Ampliar o acesso a linhas de financiamento, sobretudo para as empresas de micro e pequeno porte, é outro avanço indispensável para o acelerar o crescimento da economia.

Neste pacote, estão quatro propostas da CNI nas áreas de economia, tributação e comércio exterior, que fazem parte dos 21 documentos que foram entregues aos pré-candidatos à Presidência da República.

Acesse as propostas: https://bit.ly/3bfXzYv


Portal da Indústria