top of page

Couro predomina em calçados masculinos e sintético nos femininos

O uso do couro se destaca na fabricação de calçados Masculinos, com índice de 46,24%, enquanto o laminado sintético de poliuretano se destaca na produção dos femininos, com 46,03% do total produzido. Os índices estão na 9ª edição do Estudo de Mapeamento dos Polos - Quantificação dos Materiais no Calçado, realizado pela Assintecal em parceria com o Sebrae. A publicação, que tem como objetivo auxiliar calçadistas e fornecedores na adoção de estratégias comerciais, pode ser adquirida pelo e-mail inteligencia@assintecal.org.br.

A superintendente da Assintecal, Silvana Dilly, explica que o material, coordenado pelo professor da pós-graduação de Economia da Unisinos e consultor setorial, Marcos Lélis, quantifica os materiais utilizados na confecção dos calçados montados em suas principais partes: cabedal, forro, solado, enfeites e adesivos. “Os respondentes são integrantes de áreas técnicas, compras, produção ou direção geral das indústrias calçadistas. Esses profissionais caracterizam-se pelo conhecimento nos processos produtivos das empresas, seja por meio da participação direta ou contribuições na gestão”, conta. Segundo ela, foram ouvidas empresas dos principais polos calçadistas brasileiros que representam quase 60% da produção nacional do setor, o que permite uma margem de erro de 0,5% para cima ou para baixo. Já nos calçados infantis predomina a utilização de laminado sintético de PVC, enquanto nos calçados esportivos predominam os têxteis.


Comunicação da Assintecal





Comments


bottom of page