top of page

Curtume deixa de emitir 5 milhões de toneladas de CO2

Em oito anos, com a adoção de energia limpa, um curtume brasileiro deixou de emitir 5 milhões de toneladas de CO2 (dióxido de carbono ou gás de efeito estufa) na atmosfera. Este é o resultado do emprego de fontes energéticas alternativas no processo produtivo do Gobba Leather (Nova Esperança do Sul/RS). A companhia processa diariamente 2,5 mil couros bovinos.


Desde 2016, Gobba Leather adota energia limpa em sua produção.


De acordo com a empresa, a “sustentabilidade não é apenas uma palavra no quadro de valores, mas sim um compromisso enraizado”.


“Sob o lema ‘preservando a natureza, transformando atitudes’, buscamos constantemente formas de minimizar nosso impacto ambiental e contribuir positivamente para um mundo mais verde e sustentável”, diz o Gobba Leather em comunicado. Sobretudo, na nota, a companhia destaca que a produção de couros de alta qualidade está atrelada à redução da pegada ambiental.

 

Jornal Exclusivo





Comments


bottom of page