top of page

Contas externas têm saldo negativo de US$ 1,4 bi em setembro

As transações correntes do balanço de pagamentos do Brasil apresentaram déficit de US$ 1,4 bilhão em setembro de 2023, ante resultado também deficitário de US$ 6,9 bilhões no mesmo mês do ano passado. Na comparação interanual, o superávit comercial brasileiro aumentou US$ 5,2 bilhões em setembro o déficit em renda primária recuou US$ 820 milhões e o déficit em serviços cresceu US$ 191 milhões.


O déficit em transações correntes nos doze meses encerrados em setembro de 2023 atingiu US$ 39,8 bilhões (o equivalente a 1,92% do PIB), ante os US$ 45,4 bilhões (2,21% do PIB) no mês anterior e US$ 56,9 bilhões (3,09% do PIB) em setembro de 2022.


Segundo os dados do BC, a balança comercial de bens registrou superávit de US$ 7,2 bilhões em setembro de 2023, ante saldo positivo de US$ 2,1 bilhões em setembro de 2022. As exportações de bens totalizaram US$ 28,7 bilhões, uma redução de 5,2% na comparação interanual. As importações de bens recuaram 23,8% na mesma base de comparação, totalizando US$ 21,5 bilhões.


InfoMoney


Comentários


bottom of page