top of page

Depois de queda da Selic, cresce a confiança da indústria

O Índice de Confiança do Empresário Industrial avançou 2,1 pontos, de 51,1 pontos para 53,2 pontos. O aumento mostra que o indicador da CNI começa a se afastar da linha divisória dos 50 pontos, que separa confiança de falta de confiança.


O levantamento ouviu 1.373 empresários, entre eles 555 de empresas de pequeno porte, 508 de médio porte e 310 de grande porte entre 1º e 7 de agosto de 2023.


“A confiança está mais forte e disseminada entre os empresários da indústria. Foi a primeira vez, em 10 meses, que as expectativas sobre a economia para os próximos seis meses cruzaram a linha divisória de 50 pontos, demonstrando otimismo. A transição em relação ao futuro próximo da economia está relacionada ao início da redução da taxa básica de juros e a previsão de novos cortes até o fim do ano”, explica o gerente de Análise Econômica da CNI, Marcelo Azevedo.


Portal da Indústria



Comments


bottom of page