top of page

Depreciação acelerada é boa para a indústria

Hoje, o parque fabril brasileiro tem uma média de 14 anos de idade, com 38% das máquinas em idade próxima ou que já passou do ciclo de vida. A verdade é que nossa indústria tem equipamentos que precisam ser atualizados.


E é aí que entra a depreciação acelerada como uma forma de solução para a troca de maquinarias. Afinal, toda indústria, quando adquire um bem capital, pode abater o valor nas declarações futuras de tributos e isso pode ajudar na hora de fazer novos investimentos.

A CNI acredita que esse é o caminho para uma indústria mais competitiva. Para conhecer os benefícios desse projeto, acesse o episódio #111 do Economia em 60 segundos: bit.ly/3VwXd4U


Portal da Indústria




Yorumlar


bottom of page