top of page

Empresas têm optado por arbitragem à ação na Justiça

A arbitragem, método utilizado para a resolução de conflitos, bateu a marca de 1.047 casos em andamento e somam R$ 120 bilhões. O número recorde foi registrado nas oito principais Câmaras do país, que expandiram suas áreas de atuação.

Os dados são da pesquisa “Arbitragem em Números e Valores”, de autoria da advogada e professora Selma Lemes. O estudo é um dos mais tradicionais do mercado e serve como referência para profissionais da área.

“Esse crescimento se deve à confiança no instituto. Estamos com quase 26 anos da Lei de Arbitragem e o Brasil é um case internacional”, diz a autora, Selma Lemes.

As principais demandas, tanto em 2020 como em 2021, foram de conflitos societários e discussões de contratos de construção civil e energia. Seguida dessas, apareceram novos setores: trabalhista e desportivo.


Contábeis




bottom of page