Exportação industriais do RS avançam 54,3% em janeiro

As exportações da indústria de transformação do Rio Grande do Sul totalizaram US$ 1,2 bilhão em janeiro, com crescimento de 54,3% sobre o mesmo mês de 2021, quando somaram US$ 785 milhões. Considerando as vendas externas totais do Estado, por sua vez, o avanço foi de 82,9%, enquanto as exportações da economia brasileira cresceram 31,3% no mesmo período. “Todos os 24 segmentos industriais registraram aumento do valor exportado sobre janeiro de 2021, demonstrando que há um crescimento geral do setor, mesmo com a base de comparação baixa”, afirma o presidente da FIERGS, Gilberto Porcello Petry. Os segmentos que mais contribuíram para o bom resultado foram Alimentos, Tabaco e Químicos.

A China foi o principal destino das vendas externas do Estado no mês, totalizando US$ 348,7 milhões, uma elevação de US$ 182,2 milhões em relação ao valor exportado em janeiro de 2021 (ou 109,4% de crescimento). A razão é o acréscimo das vendas de Soja em grãos (+US$ 233 mi). Além disso, cabe destacar que houve decréscimo nos embarques de Alimentos para a economia chinesa no mês, devido a redução da demanda de Carne suína (-US$ 16,7 mi). Os Estados Unidos foram o segundo principal destino das exportações gaúchas no período, acumulando US$ 120,2 milhões, 50,3% a mais do que no mesmo mês de 2021. Houve aumento das vendas para a economia americana no mês, principalmente dos segmentos de Alimentos (+US$ 9,8 mi), Químicos (US$ 8,7 mi), Couro e calçados (+US$ 8,4 mi), Produtos de metal (+US$ 7,3 mi) e Máquinas e equipamentos (+US$ 5,3 mi).


Comunicação da FIERGS