Exportações de componentes para calçados somam US$ 37,2 milhões

Depois de encerrar o ano passado com incremento de 22% (US$ 410,3 milhões), as exportações de componentes para calçados seguem em trajetória de alta. Em janeiro, conforme dados da Assintecal, foram exportados o equivalente a US$ 37,25 milhões, resultado 17% superior ao registro do mesmo mês de 2021. Dos 76 destinos, segundo a entidade, 51 aumentaram suas importações de materiais verde-amarelos.

O gestor de Mercado Internacional da Assintecal, Luiz Ribas Júnior, destaca que as exportações do setor seguem sendo influenciadas pelo encarecimento dos fretes para importações asiáticas. "O Brasil é um dos principais fornecedores de componentes fora da Ásia e tem chamado a atenção do mundo por contar com uma cadeia de fornecimento completa e de excelência", avalia Júnior, ressaltando que existe uma tendência de incremento nos embarques do setor para os próximos meses.

O principal destino das exportações foi a China. No total, foram embarcados para lá o equivalente a US$ 14,8 milhões, 38% mais do que no mesmo mês de 2021. Os principais produtos importados pelos chineses foram químicos para tratamento de couros.


Jornal do Comércio