top of page

Exportações de componentes somam US$ 163 milhões

Dados elaborados pela Assintecal apontam que, em maio, foram embarcados o equivalente a US$ 23 milhões em materiais, 66% menos do que no mesmo mês de 2022. No acumulado dos cinco meses do ano, as exportações de componentes e químicos geraram US$ 163 milhões, 11% menos do que no mesmo intervalo do ano passado. Já comparando com o mesmo período na pré-pandemia, em 2019, o setor segue positivo em 8%.


O gestor de Mercado Internacional da Assintecal, Luiz Ribas Júnior, ressalta que o dado ilustra um movimento de “ajuste de mercado”, com o retorno da produção na China e a normalização dos custos com fretes, que vinham favorecendo as exportações brasileiras, especialmente para mercados latino-americanos. “Os dados de 2022 são extraordinários e foram conseguidos por uma conjuntura do mercado internacional que já não existe mais. O dado real de comparação deve ser com o nível pré-pandemia, no qual estamos positivos”, avalia. Segundo ele, a projeção é de uma recuperação dos embarques ao longo do segundo semestre, encerrando o ano com estabilidade ou leve alta ante 2022. No ano passado, as exportações do setor atingiram US$ 421,2 milhões, 12% mais do que em 2021 e 18% mais do que em 2019.


Comunicação da Assintecal



Comments


bottom of page