Fimec: expositores e visitantes em busca de negócios

Para os expositores desta edição da Fimec, o sentimento é de otimismo. Carla Haag, diretora executiva da Cofrag, explicou que a expectativa é positiva. “Esta retomada da Fimec presencial é um momento muito importante e esperado por todos, pois marca uma reaproximação com os clientes”, destacou. Para este ano, a empresa tem a expectativa de crescer de 10 a 15%. “O primeiro dia de feira está sendo positivo, pois grandes clientes já vieram conversar conosco e a expectativa é muito positiva”, projetou a diretora executiva, lembrando que a marca participou de quase todas as edições da feira.


Da mesma forma, a Sazi Máquinas avaliou de forma positiva a retomada da feira e do setor. “Em geral os clientes estão com bastante produção e demanda, por isso acreditamos em uma retomada forte do setor. As metas são bem audaciosas, não só para a feira como para o ano”, projetou Fernando Dienstmann, coordenador comercial da empresa. Para a marca, o primeiro dia de feira reuniu um público qualificado. “O estande está cheio desde o início da feira. Estamos atendendo vários clientes, alguns que já conhecemos e outros novos”, relatou Dienstmann, afirmando que a marca apresenta máquinas que são novos conceitos para a indústria do calçado.


Já entre os visitantes deste primeiro dia estava Erica Montalvo, empresária do setor calçadista na Bolívia, relata que esta é sua primeira participação na Fimec. “Estou em busca de máquinas, componentes e tudo que é necessário para fazer um calçado de qualidade. Sou empresária há 5 anos e produzo produtos para homens, mulheres e crianças. A Fimec está sendo incrível e tenho certeza que voltarei para a Bolívia com excelentes negócios!”, relatou.


Comunicação da Fimec