top of page

Imersão executiva de alto nível com o C-Level RS


Propósito, pessoas e intensidade. Essas três palavras sintetizam bem qual foi o recado trazido pelo C-Level RS.


Promovido pelo Grupo Sinos, o evento reuniu mais de mil pessoas no dia 20 no Teatro Feevale, em Novo Hamburgo.


Durante mais de cinco horas, oito executivos de renome nacional e internacional compartilharam as suas visões sobre o mundo dos negócios. Em todas as falas, no entanto, um ponto sempre se destacou: a importância das pessoas para o sucesso de um empreendimento. Esse “mantra” começou já no primeiro talk. Ao subir ao palco, o presidente da Rio Grande Seguros e vice-presidente da Icatu Seguros, César Saut, foi enfático: “A diferença de uma empresa não é o produto e, sim, os processos e as pessoas”. A importância da fidelidade ao propósito da companhia e a intensidade dedicada ao negócio foram temas constantes abordados pelos speakers. Para Jaqueline Hartmann, head de Marketing da Docile, entender de marcas é entender de pessoas. “Não podemos negligenciar jamais o DNA de uma empresa. Marcas são pessoas, não terceirizem a cultura da empresa”, alertou. Na mesma linha, Roberto Argenta, presidente da Calçados Beira Rio, defendeu: “Ter prédios bons e máquinas modernas é indispensável, mas ter pessoas motivadas é fundamental. É isso que faz dar certo”. O último a subir ao palco foi o CEO da Arezzo&Co, Alexandre Birman, um dos nomes mais aguardados da imersão. O executivo detalhou os feitos da empresa e a necessidade de ter coragem de tomar decisões difíceis. “Líderes precisam ter coragem. Foram essas decisões que nos fizeram chegar até aqui”, salienta.


Além dos oito cases de sucesso apresentados em formato de talks, a primeira edição do C-Level RS também contou com um bate-papo entre sete empresários e executivos da região. Mediado pela jornalista Kelly Veronez, o painel Negócios Locais mostrou os bons exemplos na trilha do empreendedorismo na região em diferentes segmentos de mercado como saúde, seguros, tecnologia da informação, entre outros. A ideia foi mostrar como cases de sucesso também estão nas empresas da vizinhança - e que boas práticas podem ser aplicadas indiferente do tamanho do negócio. Integraram o painel o diretor executivo da Doctor Clin, Marcelo Dietrich; o CEO da Exatus, Gilberto Muller; o CEO da Frattini, Nedimar Frattini; o CEO da Rep Seguros, Bruno Weiler Cervi; o diretor de Operações da Teevo, Robertson Kieling; o superintendente de Mercado da Unimed VS, Ronaldo Liota; e o CEO e founder da Ventiur, Sandro Cortezia.


Para o diretor executivo de Negócios do Grupo Sinos, Carlos Eduardo Gusmão, a primeira edição do C-Level RS foi um sucesso, tanto de público quanto de aceitação do mercado. “Inclusive já estamos anunciando que teremos uma segunda edição, cuja data e informações serão detalhadas em breve”, antecipa.


Jornal NH



Comments


bottom of page