Impressão 4D pode melhorar as asas de drones

Recentemente, uma nova técnica de impressão 4D foi desenvolvida por pesquisadores da Universidade Concordia, no Canadá. O método, desenvolvido para melhorar a construção de asas para drones, tem potencial para tornar o processo de fabricação muito mais eficiente e barato.

Segunda a publicação feita por Patrick Lejenyi na página da instituição, com essa descoberta os pesquisadores conseguiram criar asas que mudam de forma em pleno voo, o que substitui a chamada “borda de asa articulada”, que fica presa ao corpo da aeronave, e que pode ser dobrada em até 20 graus.

“Nosso trabalho mostra que um veículo aéreo não tripulado — de pequeno ou médio porte — usando esse tipo de asa, pode suportar uma boa quantidade de carga durante voos mais longos, sem danificar a estrutura principal da aeronave”, explica o professor de engenharia mecânica Suong Hoa, autor principal do estudo.