Indústria mostra recuperação em maio, diz CNI

Os Indicadores Industriais, calculados pela CNI, apontam um movimento de recuperação parcial da indústria em maio deste ano, depois do fraco desempenho de abril. O faturamento real da indústria de transformação registrou o maior patamar no ano de 2022 ao subir 1,8% em relação a abril.

As horas trabalhadas na produção cresceram 1,6% em maio, na comparação com o mês anterior. Após queda em abril, o índice de horas trabalhadas na produção apresentou avanço moderado, mas não recuperou o nível registrado entre fevereiro e março de 2022. Em comparação a maio de 2021, há crescimento de 4,2%.

O emprego industrial registra avanço de 0,1% no período e interrompe uma sequência de três meses de queda. Em relação a maio de 2021, registra-se alta de 1,5%.

“O resultado de maio é importante pois reverte, ainda que parcialmente, o resultado mais negativo de abril. E a retomada da trajetória positiva do mercado de trabalho é muito importante”, explica o gerente de Análise Econômica da CNI, Marcelo Azevedo.


Portal da Indústria