top of page

Investimento chinês no Brasil cai 78% em 2022

O volume de investimentos chineses no Brasil despencou 78% em 2022 em relação ao ano anterior, para US$ 1,3 bilhão, o menor patamar registrado em 13 anos, de acordo com estudo publicado nesta terça-feira (29) pelo Conselho Empresarial Brasil-China (CEBC), que destacou redução dos projetos que envolvem grandes volumes de recursos.


De 2021 para 2022, o Brasil saiu do topo da lista de destinos que mais receberam investimentos chineses no mundo para a 9ª posição, aponta o relatório. Também houve uma piora na taxa de efetivação dos empreendimentos chineses, em um ano em que o investimento total da China no exterior registrou alta, ainda que modesta.


O documento, elaborado pelo diretor de Conteúdo e Pesquisa do CEBC, Tulio Cariello, destaca que a diminuição dos fluxos chineses para o país ocorreu em meio a um forte crescimento dos investimentos estrangeiros como um todo no Brasil, que saltaram 95% no ano e alcançaram US$ 90,6 bilhões, segundo o Banco Central – o maior nível em dez anos.


Infomoney



bottom of page