México aumenta compra de couro brasileiro para dois dígitos

O México continua apostando no couro brasileiro e, segundo o último relatório do CICB, manteve-se no ranking dos principais importadores globais nos três primeiros meses de 2022.

No primeiro trimestre do ano, o México importou do Brasil um total de 12,1 milhões de dólares em peles e couro, o que representa um aumento de 29,8% em relação ao mesmo período de 2021. Na análise por área, no acumulado de janeiro a março deste ano, o México importou um total de 797.272 metros quadrados, um incremento de 25,1% em relação aos três primeiros meses do ano passado, quando importou 637.261 metros quadrados.

Por fim, quanto ao peso, de acordo com o CICB, no primeiro trimestre de 2022 entraram no país 831.106 quilos de couros e peles brasileiros, 29,6% a mais do que o acumulado entre janeiro e março de 2021.


Fashionetwork