Peru aumentou suas exportações de calçados em 21,8% no primeiro bimestre

As exportações peruanas de calçados registraram um crescimento de 21,8%, para 2,54 milhões de dólares, durante os dois primeiros meses do ano em relação ao mesmo período de 2021. Dados oficiais da direção fabril da Associação de Exportadores (ADEX) confirmaram os números.

No setor calçadista, as roupas masculinas, femininas e infantis feitas de couro lideram os embarques com 42,7% de participação. O calçado de borracha e plástico continua na lista com 28,3% de participação, enquanto o calçado têxtil representa 25,6% do total de negócios externos do país.

Os Estados Unidos são o principal comprador de calçados peruanos, com 36% de participação no total de embarques, aumentou suas encomendas em 155,5% nos primeiros dois meses de 2022 em relação ao mesmo bimestre de 2021 e registrou compras de 913.944 dólares para calçados peruanos.

Chile, Cuba, Equador, Bolívia, Canadá, Bélgica, Holanda, Alemanha e México completam o top 10 dos principais destinos do calçado peruano, segundo a ADEX.

O calçado peruano fechou 2021 com um faturamento de 20,4 milhões de dólares em exportações, um aumento de 43,6% em relação a 2020, mas 2,9% abaixo de 2019. O setor espera superar os números pré-pandemia este ano com negócios de mais de 21 milhões de dólares.


Fashion Network