Plano de recuperação fiscal do RS é aprovado

O governo do Rio Grande do Sul recebeu, na manhã desta quarta-feira (25), a confirmação por parte do governo federal da aprovação do plano de adesão do Estado ao regime de recuperação fiscal. O último parecer técnico favorável foi publicado, pelo Ministério da Economia, no Diário Oficial da União.

De acordo com o Palácio Piratini, agora falta apenas a assinatura do presidente Jair Bolsonaro para que o processo de homologação chegue ao fim. O governador Ranolfo Vieira Júnior anunciou que pedirá uma audiência para solicitar a assinatura e a conclusão do processo.

Com a adesão, o Estado terá a dívida com a União renegociada. Por outro lado, o Rio Grande do Sul terá que cumprir uma série de restrições fiscais, exigidas pelo governo federal, limitando os gastos pelos próximos anos.


Zero Hora