top of page

PMI da indústria no Brasil sobe de 47,5 em janeiro para 49,2 em fevereiro

O Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) industrial do Brasil cresceu de 47,5 em janeiro para 49,2 em fevereiro, informou nesta quarta-feira (1) a S&P Global. Apesar da melhora, este é quarto mês seguido que o indicador ficou no território da contração (abaixo de 50,0).

Segundo a pesquisa mensal, o setor industrial brasileiro mostrou queda na produção e nas vendas em fevereiro e essa deterioração sustentada da demanda levou as empresas a reduzir o número de funcionários, diminuir os níveis de compras e esgotar os estoques de insumos.

No entanto, a expectativa dos negócios permaneceu positiva e forte pelos padrões históricos.

Várias empresas atribuíram a queda nas vendas às fracas condições de demanda e à incerteza dos clientes em relação à economia. Ao mesmo tempo, algumas empresas indicaram um aumento nas carteiras de pedidos, o qual associaram à melhora na demanda por itens específicos.

Os dados de fevereiro também apontaram para uma forte deterioração na demanda externa por produtos brasileiros. As empresas comentaram na pesquisa sobre os desafios de estabelecer preços competitivos nos mercados internacionais.


Infomoney




bottom of page