top of page

Processos fiscais ficaram mais eficientes após uso de tecnologia

Visando compreender o cenário sobre o uso da tecnologia na área fiscal e como ela impacta o dia a dia das empresas brasileiras, a Dootax realizou seu 1° mapeamento nacional sobre os impactos da transformação digital na área fiscal e tributária. Após ouvir 117 companhias de nove estados brasileiros, a startup identificou que 76% delas ficaram com processos mais ágeis e eficientes após a adoção da tecnologia para automatização de tarefas fiscais.


Outra métrica interessante levantada pelo estudo relata que 38% das empresas entrevistadas apresentaram uma redução superior a 50% nos custos relacionados a multas, juros duplicidades e outros erros tributários depois da implementação da plataforma. Deste montante, 26% afirmaram que a economia ultrapassou a marca dos 80%.


De acordo com o cofundador e CEO da Dootax, Yvon Gaillard, a pesquisa confirma uma percepção de que as corporações que investem na modernização de seus processos fiscais asseguram mais agilidade e eficiência em suas operações. “Processos manuais e repetitivos devem ser executados por robôs, que têm a capacidade de processamento infinitas vezes superior em relação aos seres humanos, sem contar que é muito mais fácil aumentar a capacidade de processamento dos robôs do que a contratação e treinamento da equipe”, atesta.


Contabeis


Comments


bottom of page