top of page

Produção industrial apresenta pior evolução em fevereiro desde 2017

A atividade industrial segue desaquecida neste início de 2023, segundo a Sondagem Industrial. A pesquisa da CNI mostra que os índices de produção e emprego caíram, respectivamente, de 47,9 pontos para 45,2 pontos e de 49,2 pontos para 48,5 pontos, de janeiro para fevereiro. Os indicadores variam de 0 a 100 e quanto mais distante da linha de corte, em direção ao zero, maior e mais disseminado é o recuo. Apesar de ser comum para o período, este ano a queda da produção e do emprego foi mais intensa do que nos anos anteriores.

“A produção costuma recuar mesmo na passagem de janeiro para fevereiro, porém, de 2017 para cá, este foi o menor índice. Além disso, o número também é menor que a média histórica para o mês, de 46,5 pontos”, explica o gerente de Análise Econômica da CNI, Marcelo Azevedo.

Um dos motivos que dificulta o aumento das atividades das indústrias brasileiras é o nível dos estoques, que seguem acima do planejado pelos empresários, sugerindo uma demanda mais fraca que a prevista.


Portal da Indústria




Comments


bottom of page