Relatório aponta crescimento do setor calçadista em 2022

O Relatório Setorial - Indústria de Calçados, publicado pela Abicalçados desde 2016, traz boas notícias para o setor calçadista brasileiro e gaúcho. Embora não tenha recuperado a totalidade das perdas registradas durante a fase aguda da pandemia de Covid-19, a atividade demonstra capacidade de retomada dos níveis produtivos.

De acordo com a publicação, no comparativo entre 2020 e 2021, a produção de calçados aumentou 9,8%, para 806,3 milhões de pares. Já em relação a 2019, a queda ficou em 10,3%.A publicação destaca, ainda, a importância das exportações na retomada da atividade. Após uma queda expressiva de mais de 18% em 2020, efeito direto da pandemia, em 2021 o setor registrou um incremento de 31,9%, para 123,7 milhões de pares, superando os níveis da pré-pandemia, em 2019, em 7,3%. Assim, o chamado coeficiente das exportações aumentou de 12,8% para 15,3%.

– A dinâmica da recuperação internacional tem sido mais rápida do que no mercado interno. No ano passado, as exportações cresceram cerca de cinco vezes mais do que o consumo doméstico – comenta a coordenadora de Inteligência de Mercado da Abicalçados, Priscila Linck.


Zero Hora