top of page

RS precisa formar 5 mil técnicos industriais em 2023

Há expectativa de crescimento do emprego industrial neste ano e profissionais de nível técnico estão entre os com maior aumento na demanda por formação. O Brasil precisará capacitar mais de 77 mil técnicos para atuar nas oportunidades de base industrial em 2023.

No Rio Grande do Sul, a necessidade é de 5 mil técnicos. Os cursos têm duração média de um ano e meio, podendo chegar a dois anos, e têm como pré-requisito o aluno estar cursando ou já ter o ensino médio completo. Eles preparam o indivíduo para o exercício de uma profissão por meio de uma metodologia de ensino bastante prática e voltada para o mercado de trabalho.

O diretor regional do Senai-RS, Carlos Trein, destaca que mais de 95% das indústrias gaúchas estão precisando de profissionais e há um grande número de pessoas desempregadas no estado (cerca de 370 mil). O problema é a falta de qualificação. “O Senai conta com cursos técnicos em todas as áreas industriais que podem qualificar essas pessoas e colocá-las no mercado de trabalho”, ressalta.

As áreas mais procuradas estão vinculadas ao perfil profissional dos cursos técnicos de Mecatrônica e Automação Industrial, que apresentam maior flexibilidade e transversalidade nas operações das indústrias, potencializando o crescimento da carreira profissional. “São áreas necessárias em diversos setores industriais”, lembra Trein. “Esses cursos estão alinhados com o constante investimento nas tecnologias da Indústria 4.0 (manufatura digital) e com movimento de modernização das indústrias que representa a integração de diferentes tecnologias como Inteligência Artificial, robótica, sistema ciber-físicos, entre outros”, afirma ele.


Comunicação da FIERGS




Kommentarer


bottom of page