top of page

Setor calçadista criou 24,6 mil vagas em 2022

Dados elaborados pela Abicalçados apontam que, no ano passado, as indústrias calçadistas brasileiras criaram 24,6 mil postos de trabalho. Com isso, o setor encerrou 2022 empregando, diretamente, 296,4 mil pessoas, 9,1% mais do que em 2021 e o melhor resultado desde 2015. No comparativo com o período pré-pandemia, em 2019, o crescimento é de 11,4%. O presidente-executivo da Abicalçados, Haroldo Ferreira, ressalta que o nível de emprego cresceu em função do aumento da produção do setor, que encerrou 2022 com crescimento de 2,4%, para mais de 840 milhões de pares. “Apesar de uma leve retração nos últimos três meses do ano, 2022 foi bom para o setor, principalmente para as exportações, que cresceram mais de 45% - em receita - na relação com 2021”, comenta. Segundo o executivo, para 2023, a expectativa é de que o setor siga crescendo, porém com índices mais tímidos. “Para este ano, a estimativa da Abicalçados é de um crescimento de 1,6% em produção, incremento que deve ser impulsionado pelo mercado doméstico”, acrescenta o dirigente.


Comunicação da Abicalçados




Comments


bottom of page