top of page

Sustentabilidade é uma realidade sem volta para a cadeia produtiva do calçado

Realizado pela Abicalçados em parceria com a Assintecal para certificar práticas alinhadas aos conceitos de ESG (Environmental, Social and Governance) na cadeia produtiva do calçado, o Origem Sustentável está em franca expansão. Única certificação para o segmento em nível internacional, o programa cresceu 75% no último ano, alcançando cerca de 100 empresas produtoras de calçados e seus fornecedores certificados ou em processo de certificação. Essas empresas, segundo levantamento da Abicalçados, respondem por 45% da produção nacional de calçados – de 848 milhões de pares no ano passado.


O presidente-executivo da Abicalçados, Haroldo Ferreira, destaca que a busca pela certificação é crescente no Brasil, pois as empresas entenderam a importância não somente de assumir as práticas ESG, mas certificá-las e comunicá-las ao mercado nacional e internacional. Segundo o executivo, o setor calçadista brasileiro é um dos mais sustentáveis do mundo.


Um recente levantamento realizado pela Abicalçados junto a empresas do setor aponta que 95% das respondentes já trabalham com a destinação ambientalmente correta dos seus resíduos produtivos, recolocando-os na produção, reciclando ou até mesmo os transformando em fertilizantes ou material de construção. Já as empresas que utilizam 100% da energia elétrica proveniente de fontes renováveis estão em 62%, ao passo que 74% das indústrias já produzem inventários de emissão de gases do efeito estufa com o objetivo de diminuir a emissão.


Comex do Brasil





Commenti


bottom of page