top of page

Vulcabras bate consenso (de novo); “Esse é o nosso novo patamar”, diz CEO

A Vulcabras bateu (mais uma vez) o consenso do mercado, que já era construtivo, com resultados recordes no terceiro trimestre. Trata-se do 13º balanço com crescimento acima de dois dígitos. A receita líquida da companhia, dona das marcas Olympikus, Under Armour e Mizuno, subiu 10,2% na comparação anual e chegou a R$ 731,4 milhões. O mercado esperava R$ 721 milhões. A margem bruta, que também alcançou o maior patamar da história, cresceu 5,2 pontos percentuais para 42,9% (1,2 p.p. acima do consenso). A margem EBITDA foi de 24,2%, 4,4 pontos acima do registrado no ano passado. “Esse é o novo patamar da Vulcabras,” Pedro Bartelle disse ao Brazil Journal. “O nosso crescimento continuou pujante, mas já começamos a ver uma estabilização nas margens nas vendas deste último trimestre.”


Brazil Journal



Comentarios


bottom of page